Artista se recuperava de uma cirurgia, veja;

15214

Escritora e ilustradora Ângela Lago morre aos 72 anos em Belo Horizonte. Artista se recuperava de uma cirurgia e teve uma embolia pulmonar.

O escritor Leo Cunha, amigo de Ângela, contou ao G1 que a ilustradora havia quebrado o fêmur recentemente e se recuperava de uma cirurgia na casa de uma das irmãs, em Belo Horizonte.

Ainda segundo Cunha, na tarde deste sábado, ela teve uma embolia pulmonar e chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas teve uma parada cardíaca e não resistiu. A artista foi velada na Santa Casa e será cremada. Ela não tinha filhos.

Atualmente, Ângela vivia em um sítio, em Jaboticatubas, na Região Central do estado. Nascida em 1945, na capital mineira, ela se formou na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). A artista viveu em países como a Venezuela e a Escócia. Expôs seus trabalhos e recebeu prêmios no Brasil e no exterior.

Entre as obras de destaque da autora, estão “Cena de Rua”, “Um Gato Chamado Gatinho” e “Marginal à esquerda”. Os livros foram premiados no Jabuti na categoria “lustração Infantil ou Juvenil” em diferentes anos.

Em 2014, Ângela deu uma entrevista ao G1 sobre sua então nova moradia em Biribiri, uma vila a cerca de 10 quilômetros de Diamantina (MG). Na ocasião, ela contou que havia se apaixonado pelo lugar. “A gente não sabe direito o que a gente vai procurar nos lugares. Às vezes, tem algum encantamento que seduz a gente”, relatou na época.

Via G1

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here