Cama de 5,5 metros para casal e filhos faz sucesso na internet; veja as fotos

0

Uma família irlandesa descobriu uma maneira inusitada para o questionamento: “Onde o bebê deve dormir?”. A solução foi utilizar uma cama com 5,5 metros que teria capacidade de acomodar os genitores e proles. Logo a instrutora de ioga Kim Constable, o ex-jogador de rugby conhecido como Ryan, além dos quatro filhos (Corey de 11 anos, Kai de 9, Maya de 6, e Jack, de 5).

O casal afirma que dividir a cama com os filhos traz muitos benefícios para todas as pessoas da família, além disso, considera que a divisão é mais prática para todos. Assim, pais e filhos compartilham a mesma cama no momento de dormir, levando em consideração que os pais acreditam ser mais conveniente pra todos os membros da família.

Em entrevista para o site Telegraph Belfast, Kim declarou que tudo iniciou quando o primogênito adquiriu ao costume de dormir mais calmo somente na cama dos genitores. Segundo Kim: “Quando as outras crianças chegaram, elas quiseram dormir conosco também”. Conclui relatando: “Os mais velhos tinham que dar lugar para os mais novos, mas quando voltavam para seus quartos não achavam justo, queriam continuar na cama grande”.

Por esse motivo, os pais resolveram agrupar três camas diferentes com finalidade de acomodar toda a sua família. O ex-jogador falou: “Nossos filhos são pessoas independentes, felizes e autossuficientes que gostam de dividir a cama. Quando eles estiverem prontos pedirão por seu próprio quarto como aconteceu com Kai recentemente”.

No instante, Kai decidiu dormir em um colchão próximo da cama dos genitores, no entanto, aos poucos tem optado cada vez por dormir no próprio quarto. Kim contou que costuma descansar com os filhos mais novos em torno de 22h e 23h, consta que eles dormem juntos logo após conversar ou ler uma história.

A mãe das crianças também declarou que a intimidade do casal não foi afetada. Com isso disse: “Ryan e eu muitas vezes dormimos juntos em um quarto vago da casa, pelo menos por uma parte da noite, até irmos para a cama grande”. Sem contar que confessou: “Somos muito honestos com as crianças e dizemos ‘Mamãe e papai vão se aconchegar agora e daqui a pouco voltam para ficar com vocês”.

COMPARTILHAR