Dono da Havan, amigo pessoal de Silvio Santos, ordena demissão de Rachel Sheherazade e dono do SBT recebe pedido

2

Se quando fazia duras críticas ao Partido dos Trabalhadores a jornalista Rachel Sheherazade era duramente atacada por partidários da esquerda, atualmente acontece o oposto. Após passar a adotar opiniões mais progressistas e ir de encontro com as conservadoras que expunha antes, ela passou a ser alvo de partidários da direita, inclusive de um grande empresário, Luciano Hang, o dono da Havan.

Luciano Hang no sofá do programa The Noite, do SBT (Foto: Divulgação)

Em seu perfil oficial no Instagram, ele compartilhou o título de uma notícia publicada pelo portal UOL referente a demissões promovidas por Silvio Santos no jornalismo do SBT. Na ledenda da imagem, o dono da Havan surpreendeu e elogiou o apresentador por causa das demissões. Mas se não bastasse isso, Silvio recebeu um pedido do empresário.

Isso porque Luciano Hang, no final, pediu a demissão de Rachel, atual apresentadora do SBT Brasil. “O jornalismo da grande mídia esta todo contaminado com ideologias comunistas que destroem o nosso Brasil. Parabéns Silvio Santos. Somos fruto do que plantamos no passado. O povo quer mudanças. Ainda falta mais gente para você demetir. Raquel é uma delas“, disse ele, fazendo referência à jornalista.

Isso porque Luciano Hang, no final, pediu a demissão de Rachel, atual apresentadora do SBT Brasil. “O jornalismo da grande mídia esta todo contaminado com ideologias comunistas que destroem o nosso Brasil. Parabéns Silvio Santos. Somos fruto do que plantamos no passado. O povo quer mudanças. Ainda falta mais gente para você demetir. Raquel é uma delas“, disse ele, fazendo referência à jornalista.

Porém, vale destacar que ele se tornou alguém bastante influente dentro do SBT desde o ano passado, quando passou a apoiar publicamente a eleição de Jair Bolsonaro à Presidência da República. Luciano Hang já foi convidado de programas como o de Raul Gil, Silvio Santos, The Noite e Domingo Legal, além de ter ganhado até homenagem no programa Eliana.

Se o dono da Havan resolveu apoiar publicamente Bolsonaro, Rachel deu uma guinada em seu posicionamento político e foi para o caminho oposto. Ela surpreendeu muita gente ao aderir ao movimento “Ele não”, principalmente a seus seguidores, que estavam acostumados com seus posicionamentos mais à direita no espectro político. Luciano Hang, ao que tudo indica, foi um deles.

COMPARTILHAR