Parece um mergulho normal entre amigas, mas ao descobrir a verdade você não acreditará! É arrepiante!

1580

Olhando assim sem saber, essa imagem nos mostra apenas um grupo de amigas que estão prestes a fazer um mergulho normal, em um rio calmo cercado de natureza, porém, a realidade é outra, totalmente contrária a essa. Depois de ler a matéria até o final e ver o vídeo, você entenderá o porque.

Foto/Reprodução

Estamos falando dessas cataratas que ficam na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabué. Suas medidas são simplesmente espetaculares, possuindo 1.708 metros de largura, para temos uma ideia de quão gigantesco isso é, o seu tamanho é quase o dobro das cataratas do Niágara. Já sua altura oscila entre os 80 e 108 metros.

Elas foram batizadas em 1855, quando o explorado David Livingstone as descobriu, dando o nome da rainha Victoria. Já os nativos locais a chamam de Mosi-oa-Tunya, o fumo que trovoa, haja visto a nuvem enorme de vapor que se encontra sobre ela.

Entre essas medidas extraordinárias, em uma das suas quedas de água, na Ilha Livingstone, existe uma pequena piscina natural, formadas por barreiras de rochas. Poderia ser uma lagoa linda e tranquila, caso não existisse atrás delas uma queda sensacional. O ruído ensurdecedor, dasas correntes de água que caem, nos mostram a verdadeira realidade daquele local.

Foto/Reprodução

Banhos e visitas ao local, específico da foto e do vídeo, conhecido como Devil’s Pool (Piscina do Diabo), só são permitidos em um período anual, chamada de “Época seca”, que vai de agosto a janeiro, quando as correntes do rio diminuem e as águas baixam.

Apesar de tudo isso que mencionamos acima, essas 3 amigas decidiram experimentar e mergulharam. Ao todo, milhares de turistas tiveram coragem de embarcar nessa aventura e mergulhar nessa perigosa piscina, ao longo dos anos.

Assista ao vídeo e descubra:

Então, depois de assistir ao vídeo, teria coragem de mergulhar nesse lugar? Deixe sua opinião!

COMPARTILHAR