Revelada na íntegra conversa de Daniel no Whatsapp minutos antes de morrer

1

A conversa em que Daniel fala sobre se relacionar com Cristiana Brites minutos antes de morrer foi mostrada na íntegra
A morte brutal do jogador Daniel Corrêa Freitas, de 24 anos, ainda não está totalmente esclarecida.
O empresário Edison Brites, de 38 anos, já confessou o assassinato, porém as circunstâncias da morte ainda não são claras segundo a polícia.
Em depoimento, Edison afirma que flagrou Daniel tentado estuprar sua esposa, Cristiana Brites (35), enquanto a mulher dormia na casa da família.
Daniel estava lá, depois que todos saíram de uma casa noturna onde comemoravam o aniversário de Allana Brites (18), filha do casal.
Mas para o delegado responsável pelo caso, muitos pontos ainda não estão totalmente esclarecidos e existem muitas contradições na versão dada pela família Brites.
A última conversa de Daniel com um amigo através do WhatsApp, será usada como parte do processo.

Nesta conversa, Daniel revela que esta na casa da família, e que pretende ter relações com a mãe da aniversariante.
Daniel também envia fotos dele na cama com Cristiana que parece estar dormindo.

Em depoimento à polícia, um amigo de Daniel disse que ele e mais dois amigos criaram um grupo de mensagens no qual postavam fotos das mulheres que conquistavam. Geralmente a foto era tirada no momento em que a mulher estava dormindo.
Às 8h07 da manhã de sábado (27), Daniel começou mandou a primeira mensagem sobre o assunto para outro amigo.
Contou que estava em uma festa de aniversário de uma menina, e que podia dormir lá.
O amigo perguntou se ele havia bebido muito, ele respondeu por áudio que não muito.
Daniel também falou que na casa que estava tinha uma “coroa” e que faria sexo com ela, e que o marido estava junto.
O amigo então disse a Daniel que isso poderia dar problema que ele poderia ser expulso da casa, ou “apanhar”, do marido.
Daniel então mandou a foto ao lado de Cristiana que parecia estar dormindo.
O amigo novamente alertou Daniel para os riscos.
Às 8h34, Daniel enviou outra foto da cama junto com Cristiana, e disse ao amigo que teve relação sexual com ela.
Logo depois ele mandou a sua última mensagem:  “O que aparecer amanhã é nóis”.
O amigo então perguntou se ele havia feito sexo com ela dormindo ou acordada, e o que queria dizer com a última mensagem. Não obteve mais resposta.
O corpo de Daniel foi encontrado às 10h30 de sábado, em um matagal, com sinais de tortura, seu órgão sexual foi decepado e ele tinha vários cortes feitos por arma branca pelo corpo que causaram sua morte.
Edison Júnior,  Cristiana,  e a filha do casal – Allana Brittes, estão presos na Delegacia de São José dos Pinhais. As prisões são temporárias e têm validade de 30 dias.

COMPARTILHAR