Trabalhadores encontram uma caixa enterrada no chão. Quando abriram ficaram chocados com o que viram

382

Alguns construtores da cidade chinesa de Taizhou, estavam trabalhando na extensão de uma estrada, quando de repente perceberam algo estranho que estava no chão. Curiosamente, ninguém sabia o que poderia ser. Seja o que for, era obviamente mais antigo que a própria cidade.

Logo eles começaram a cavar a terra ao redor da descoberta para entender o que era “isso”. Mas, assim que perceberam o que encontraram, entenderam que precisavam de ajuda adicional. O objeto tinha 6 pés de profundidade.

O que eles estavam cavando por várias horas não era apenas uma caixa. Um pouco depois, os trabalhadores entenderam que era uma sepultura.

Eles chamaram os arqueólogos para realizar novas escavações.

Eles tiveram a sorte de desenterrar o túmulo sem destruir sua integridade. À primeira vista, eles achavam que viram um pouco de linho, seda e um líquido estranho. Mas uma vez que eles examinaram de perto, descobriram algo diferente.

Dentro havia um corpo.

Mas, não era apenas um corpo, era uma múmia.

Arqueólogos indicaram que o corpo estava lá há 700 anos e era uma mulher.

Depois de estudar o interior do túmulo, as jóias e o tecido em que o corpo estava envolvido, os arqueólogos descobriram que a mulher vivia na dinastia Ming.

O corpo estava tão bem preservado que não demorou muito para tirá-lo do túmulo.

A maioria dos tecidos também estava bem preservado.


Se prestamos atenção, você pode até ver as características do seu rosto.

Veja quão bem seus sapatos foram preservados.

Incrível!


Muitas pessoas esquecem que a China é muito mais antiga do que, digamos, os Estados Unidos. A história da China remonta de milhares de anos. Estes casos não são raros. Agora, imagine que ao lado do seu espaço de estacionamento você pode encontrar uma múmia com mais de 2000 anos de idade!

O que você achou desse artigo? Deixe seu comentário!

COMPARTILHAR